Exames Realizados
Videoendoscopia Nasal

Videoendoscopia Nasal, tem como objetivo Visualizar partes internas do nariz que não podem ser vistas a olho nu. Com a videoendoscopia nasal podemos identificar causas de obstrução nasal (nariz entupido), auxiliar nos diagnósticos de sinusite e desvio do septo nasal (cartilagem/osso dentro do nariz).

Videolaringoscopia Nasal

A videolaringoscopia é um exame realizado no consultório por um otorrinolaringologista, com o objetivo de visualizar regiões da cavidade oral, orofaringe, hipofaringe e laringe. Procuram-se lesões ou sinais sugestivos de doenças que acometam a boca, garganta, base da língua, pregas vocais entre outros.

Audiometria Tonal

A audiometria é um exame que tem como objetivo avaliar a capacidade do paciente para ouvir e interpretar sons. Através do exame detectam-se possíveis alterações auditivas e permite orientar o paciente sobre as medidas preventivas ou tratamentos mais adequados para cada caso.

Imitanciometria

Imitanciometria esse exame é rápido, objetivo, de fácil execução, indolor e oferece dados importantes no diagnóstico clínico. Pode ser divido em três etapas: timpanometria, compliância e pesquisa do reflexo estapédico. Geralmente é realizado em conjunto com a audiometria. Também conhecido como Impedanciometria.

"Teste da Orelhinha"

A realização do “Teste da Orelhinha” (Emissões Otoacústicas) tem o objetivo de identificar precocemente a deficiência auditiva, sendo recomendado atualmente para todos os bebês, ainda na maternidade ou no primeiro mês de vida. É um exame totalmente indolor (não é necessário furar a orelha), rápido e seguro.

Exame Otoneurólogico

Exame Otoneurólogico, é o exame para avaliar a função do labirinto (orelha interna) e está indicado para pessoas com queixa de tontura, vertigem, desequilíbrio, hipoacusia (surdez), zumbidos, cefaleia e enxaqueca ou quando há suspeita de problema no labirinto.

Bera

Os Potenciais Evocados Auditivos de Tronco Cerebral ou simplesmente BERA (Brainstem Evoked Response Audiometry) são registros da atividade elétrica que ocorre no nosso sistema auditivo, da orelha interna até o córtex cerebral, em resposta a um estímulo sonoro

Fonoterapia

A fonoterapia tem como objetivo otimizar a função vocal, dentro das condições anatômicas e orgânicas do paciente. Para isso, o fonoaudiólogo atua nos três sistemas principais, responsáveis pela produção e projeção da voz: respiração, pregas vocais e trato vocal, que inclui o fundo da garganta, boca e cavidade nasal.